Mobilização em Gastão Vidigal ao programa São Paulo pela Primeiríssima Infância

Mobilização em Gastão Vidigal ao programa São Paulo pela Primeiríssima Infância

Em 2012, o Governo do Estado de São Paulo estabeleceu o Programa São Paulo pela Primeiríssima Infância, em parceria com a Fundação Maria Cecília Souto Vidigal. Mais conhecido como São Paulo pela Primeiríssima Infância, o referido Programa consiste em uma iniciativa que conjuga esforços de três áreas, quais sejam, saúde, educação e desenvolvimento social. A integração destas áreas, para proporcionar um melhor atendimento às gestantes e às crianças de zero a três anos de idade, envolve a construção de um novo modelo de governança, uma vez que é preciso constituir um Comitê Gestor Municipal, do qual participam representantes das áreas de atendimento citadas, bem como de Organizações Não Governamentais (ONGs), de instituições religiosas, da sociedade civil, dentre outros. O plano de ação, as estratégias e as metas do Programa são definidos após ampla discussão e estão alinhados à gestão democrática e transparente.

Almeja-se que o Programa contribua para a promoção de uma mudança de atitude em relação à Primeira Infância, em especial, que os gestores, os profissionais, as famílias e a comunidade se mobilizem para favorecer a saúde das gestantes e das crianças. O plano de ação do São Paulo pela Primeiríssima Infância visa à diminuição da mortalidade infantil, ao desenvolvimento infantil e ao incremento da qualidade de vida nos municípios que participam do Programa. Conforme dados publicados pela Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, no início de 2016, o Programa estava em atuação em 41 municípios paulistas.

Considera-se a relevância da comunicação e da mobilização social para que o Programa conduza às mudanças esperadas.

No município de Gastão Vidigal, após o Dia das Mães, em 15 de maio de 2017, engendrou-se um importante evento para a divulgação do São Paulo pela Primeiríssima Infância. O Comitê Gestor Municipal viabilizou a realização de um desfile de gestantes e mamães de crianças de zero à três anos de idade, a fim de selecionar a Miss Mamãe de Primeiríssima. Todas as participantes do desfile receberam premiação, composta por produtos de beleza doados pela população local. A primeira colocada foi brindada com um dia de beleza, o qual incluiu cuidados com o cabelo, a pele e maquiagem. A comunidade foi convidada para assistir ao desfile, cuja realização coincidiu com o dia da feira de hortifrúti.

Naquela ocasião, o evento contou com a presença da vice-prefeita do município, da diretora da escola da Escola Municipal de Ensino Infantil (EMEI) Nossa Senhora Aparecida e EMEIF Cleuza Pantaleão Pires, da diretora da escola da rede estadual de ensino, da chefe do departamento de educação, de integrantes do Conselho Tutelar, do coordenador da área da Saúde, de profissionais da área da Saúde, como psicóloga e enfermeiras. Uma das participantes relatou que precisou superar a timidez para se apresentar em público. De acordo com esta gestante, o desfile foi um desafio pessoal. Ela se sentiu valorizada como futura mamãe e o evento incentivou sua atenção para a beleza e a autoestima.

A participação da comunidade vidigalense assinala o reconhecimento da população acerca da responsabilidade de todos, em relação ao desenvolvimento infantil integral. Instituído há cerca de um ano e meio no município, o Programa já alcançou muitas concretizações, mas não prescinde de avanços, sobretudo, no atendimento médico especializado às crianças. Há uma expectativa de que, ao término do Programa, no município existam as condições para a sustentabilidade das ações implementadas, principalmente na forma de políticas públicas.

Galeria de fotos