Campanha de Vacinação contra Poliomielite supera meta em Gastão Vidigal

Campanha de Vacinação contra Poliomielite supera meta em Gastão Vidigal

O Coordenador da Saúde de Gastão Vidigal Sandro Rodrigues confirmou que a campanha de vacinação contra poliomielite superou a meta, e que 90% das crianças do município que já foram imunizadas até o dia de hoje. Conforme as enfermeiras Gislaine Passarini e Bruna Serafim, somente no 1º dia da campanha (no dia 8 deste mês) o município alcançou 53,55% da meta. Elas destacam a importância dos pais ficarem atentos ao prazo que termina hoje, sexta-feira (21). “Nosso objetivo é alcançar uma cobertura vacinal de 100%. Para isso, pedimos aos pais que não deixem de vacinar seus filhos”.

A campanha teve sucesso pelo empenho dos pais em levar seus filhos até a unidade de saúde para serem vacinados e que os pais também contaram com a avaliação da carteira de vacinação para que possam ficar em dia com todas as vacinas do calendário.

O último caso registrado de poliomielite no Brasil foi há 24 anos e, desde 1994, o País mantém o certificado emitido pela Organização Mundial da Saúde (OMS) de erradicação da poliomielite. Mesmo assim é fundamental manter as crianças imunizadas para evitar a reintrodução do vírus no Brasil, pois alguns países da África ainda registram casos da doença.

Vale lembrar que não existe tratamento contra a paralisia infantil, sendo a vacina a única forma de prevenção. Ela protege contra os três sorotipos do poliovírus 1, 2 e 3. Mesmo as crianças que estejam com tosse, gripe, coriza, rinite ou diarreia, podem receber as gotinhas. Em alguns casos – como, por exemplo, em crianças com infecções agudas, com febre acima de 38ºC ou com hipersensibilidade a algum componente da vacina –, recomenda-se que os pais consultem um médico para avaliar se a vacina deve ser aplicada.

Galeria de fotos