Seis cidades da região enfrentaram epidemia de dengue em 2015

Seis cidades da região enfrentaram epidemia de dengue em 2015

De acordo com dados do Centro de Vigilância Epidemiológica (CVE) do Estado de São Paulo, seis das treze cidades da região de circulação do Jornal A Voz do Povo enfrentaram epidemia de dengue causada pelo mosquito Aedes Aegypti em 2015.

Somados, os treze municípios registraram um total de 1.074 casos de dengue no ano passado. No entanto, foram contabilizados apenas os dados de casos autóctones, ou seja, contraídos no próprio município. Se somar os importados, o número sobe para 1.144.

Para entrarem em epidemia, municípios de 10 mil a 99.999 habitantes precisam registrar 300 por 100 mil habitantes. Nessa faixa aparecem os municípios de Monte Aprazível e Nhandeara.

Já entre os municípios com até 10 mil habitantes, é considerada epidemia quem registrar acima de 600 casos por 100 mil habitantes. Neste caso, os municípios de Turiúba, Monções, Nipoã e Magda.

Sete municípios com menos de 10 mil habitantes não enfrentaram epidemia no ano passado, são eles: Floreal, Poloni, Macaubal, Gastão Vidigal, Sebastianópolis do Sul, Nova Luzitânia e União Paulista.

Para calcular o índice de cada cidade, é preciso dividir o número de casos pela quantidade de habitantes e multiplicar por 100 mil.

Confira abaixo as cidades da região

Cidades de 10 mil a 99.999 habitantes
Municípios Autóctones Importados Incidência em 100 mil hab.
Monte Aprazível 584 7 2.448
Nhandeara 67 6 593
Cidades com menos de 10 mil habitantes
Municípios Autóctones Importados Incidência em 100 mil hab.
Turiúba 80 0 3.982
Monções 54 5 2.416
Nipoã 116 4 2.399
Magda 38 0 1.182
Floreal 18 0 598
Poloni 30 38 514
Macaubal 40 0 498
Gastão Vidigal 22 0 480
Sebastianópolis do Sul 11 1 330
Nova Luzitânia 10 1 260
União Paulista 4 14 228
Critérios para epidemia
Municípios índice
Menores de 10 mil habitantes 600 casos por 100 mil habitantes
De 10 mil a 99.999 habitantes 300 casos por 100 mil habitantes