Gastão Vidigal realiza campanha de arrecadação de água para Mariana-MG

Gastão Vidigal realiza campanha de arrecadação de água para Mariana-MG

As toneladas de lama que vazaram no rompimento há quase um mês de duas barragens da empresa Samarco em Mariana (MG) são protagonistas do maior desastre ambiental provocado pela indústria da mineração brasileira. Sessenta bilhões de litros de rejeitos de mineração de ferro foram despejados ao longo de mais de 500 km na bacia do Rio Doce, a quinta maior do país. Segundo ecólogos, geofísicos e gestores ambientais, pode levar décadas, ou mesmo séculos, para que os prejuízos ambientais sejam revertidos.

Transformado em uma correnteza espessa de terra e areia, o Rio Doce não pode ter sua água captada. O abastecimento foi suspenso e cerca de 500 mil pessoas estão com as torneiras secas (Dados da Folha de São Paulo, de 09/11/2015).

Diante dessa triste realidade a prefeitura de Gastão Vidigal, junto com o CRAS, em parceria com a Polícia Militar da cidade, por intermédio do 2º Sargento PM Marcelo Eugênio, realizaram uma campanha para arrecadação de água mineral. Durante uma semana, foram arrecadados aproximadamente 1.200 litros de água mineral, que foram entregues pela vice- prefeita Wanilde Marquezi a coordenadora do CRAS Luciane e a junta da Polícia Militar, sendo levados até a 3ª Companhia do 2º Batalhão de Polícia Militar do Interior de General Salgado, responsáveis pela sua condução até Minas Gerais.

“Assim, viemos por meio deste agradecer a todos que colaboraram direta ou indiretamente com essa ação, ressaltando que a solidariedade é um dos princípios que contribuem para um mundo de paz. Muito obrigada, Gastão Vidigal”.

Galeria de fotos